terça-feira, 24 de fevereiro de 2009


3 comentários:

Antonio disse...

Irmã Raquel,
Muito me alegrou a sua sinceridade e transparência ao publicar este post. Fez-me lembrar meu primeiro sermão pregado. Consegui pregar cinco minutos e de repente empaquei igualzinho uma mula. Não ia para frente nem para trás. Decidir pedir "arrego" ao Pai e orei. Só não disse: "Senhor, desempaca esta mula!" Mas pedi que me ajudasse a terminar a mensagem. Consegui e tornei-me um pregador.
No seminário nosso professor de homilética foi enfático e nos incentivou bastante: "Tenham calma! Se a mula de Balaão falou, vocês vão conseguir sair daqui falando". E não é que ele tinha razão?
Continue deixando-se usar como instrumento. A irmã não tem idéia do quanto Deus já está fazendo através da sua vida nesta primeira aula. Também estou travando uma batalha contra uma infecção que já dura mais de ano, que somadas a outras perdura por mais de três anos: osteomielite crônica em duas vértebras da coluna lombar, após passar por sete cirurgias.
Que o Senhor lhe conceda a cura! Vitoriosa a irmã já é em nome de Jesus.
Abraço carinhoso,
Pr. Regly

Antonio disse...

Esqueci-me de colocar o endereço do De Coração pra Coração. Nesse blog eu compartilho as muitas experiências vividas com o Senhor em quase um ano de internação hospitalar, fora as que tive com Ele em casa, com a família:
http://www.evelyns-place.com/decoracaopracoracao/
Abraço,

Pr. Regly

Antonio disse...

Linkei seu blog aos meus. Depois vai lá dar uma olhadinha.
Uma semana abençoada.
Pr. Regly